Compartilhar
Saiba como eliminar o mofo das suas paredes agora mesmo!

6 minutos para ler

O mofo é um tipo de microrganismo que se desenvolve em locais úmidos e quentes. Assim, nas residências, a infiltração é uma condição favorável para sua proliferação. Nas paredes o mofo se caracteriza por um aspecto escuro, que prejudica a aplicação de papel de parede e tintas, além de fazer mal para a saúde, principalmente para quem sofre com problemas respiratórios. Por isso, entender como eliminar o mofo da parede é essencial.

Dependendo do local de origem do mofo, a mão de obra de um profissional capacitado pode ser necessária. Isso porque em determinados ambientes somente a limpeza externa não vai resolver o problema, sendo preciso realizar uma pequena reforma para descobrir a questão da infiltração.

Pensando nisso, separamos algumas dicas simples que podem ajudar a solucionar o problema. Continue com a gente e confira!

O que é o mofo e como eles surgem?

O mofo é um fungo que reproduz e se desenvolve por meio dos esporos. Facilmente ele trafega pelo ar e se multiplica de forma rápida, em especial em ambientes escuros e úmidos, originando uma colônia. Os principais locais de sua proliferação são armários, cortinas de banheiro, geladeira, alimentos, madeira, papel, roupas e paredes.

O mofo se caracteriza por pontos negros ou manchas, que quando não são removidos da parede eles continuam a se desenvolver em uma nova superfície, prejudicando a qualidade do revestimento ou pintura, causando rachaduras.

Para saber identificar, basta aplicar um pouco de alvejante na área com o mofo, utilizando um pedaço de flanela. Se o local manchado clarear em poucos minutos, realmente trata-se da proliferação do mofo.

Como eliminar o mofo da parede?

Dependendo da causa da formação do mofo, os usos de alguns produtos específicos podem ajudar a remover o cheiro e a mancha. No entanto, antes de iniciar o procedimento é essencial utilizar os EPI’s (Equipamento de proteção individual) como luvas, óculos de segurança e mascara, para se proteger e evitar respingos dos produtos e o contato com esporos dos fungos que são liberados.

Também procure deixar a circulação de ar do ambiente, usando um ventilador ou abrindo as janelas, pois determinadas soluções pode causar um cheiro forte. Além destas etapas iniciais, confira a seguir outras dicas de como eliminar o mofo:

Usar produtos adequados

Os produtos mais utilizados nesse caso são o vinagre, álcool, água sanitária e o bicarbonato de sódio. Porém, para potencializar o resultado dessas soluções, a dica é misturá-las! Segue a receita:

  • 240 ml de vinagre;
  • uma colher de chá de bicarbonato de sódio;
  • 100 ml de água sanitária para cada litro de água;
  • água oxigenada volume 10 diluída em 3% com a água.

Junte tudo em um recipiente e vamos ao próximo passo!

Borrifar na parede

Com a solução em um frasco borrifador, chegou o momento da aplicação na parede. Borrife diretamente o produto no mofo, mas tenha cuidado com o excesso, pois o ideal é aplicar uma ou duas vezes e, posteriormente, observar se a área foi coberta.

Usar uma escova para esfregar

Logo após aplicar o produto, conte com o auxilio de uma escova para esfregar toda a área afetada, até observar que o mofo está sendo eliminado. Se preferir, utilize uma escova com o lado abrasivo para remover por completo o mofo da parede.

Secar a área afetada

Para finalizar, passe um pano levemente umedecido no local para retirar o excesso de produto. Já para acelerar o processo, seque bem a área afetada com um ventilador ou pano seco. Assim, evita de o mofo voltar, já que deixar o ambiente úmido é propício de proliferação.

Como evitar o mofo?

Depende da causa. Para locais que estão sempre úmidos, uma das soluções é a impermeabilização no local, que bloqueará a umidade em si. Por outro lado, se houver infiltração, por mais que utilize produtos específicos, a origem do problema ainda vai continuar. Nesse caso, é preciso realizar uma análise e uma obra, para resolver o problema pela raiz.

Além disso, em todos os casos, procure sempre deixar o ambiente arejado, fazendo com que o ar circule, especialmente no cômodo onde o surgimento do mofo é mais recorrente.

Uma parede mofada pode trazer riscos para a saúde?

Sim. O contato com o mofo pode fazer uma pessoa ter problemas respiratórios como sinusite, dor de cabeça, tosse e espirros frequentes, além de outras irritações. Isso acontece porque quando o microrganismo é inalado, percorre o corpo e causa processos alérgicos imediatos.

Esse é um problema que costuma se agravar no inverno, pois na medida em que o tempo esfria, mais as pessoas mantêm as janelas fechadas, tomam banhos quentes e evitam a circulação de ar — ações que criam a condição ideal para proliferação do mofo. Então, pelo bem da saúde, priorize ambientes arejados em qualquer época do ano!

Quando a reforma é necessária para acabar com o mofo?

Em alguns casos, o mofo já está em uma parede há muito tempo, não sendo possível reverter apenas com limpeza. Nessas situações, a única solução é uma reforma. Para saber identificar essa necessidade, basta observar a resistência da argamassa, pois a umidade e o mofo compromete o local, descascando a parede ou causando o esfarelamento.

No contexto da reforma, há diferentes opções a serem feitas: a primeira é fazer uma pequena obra, mais superficial, retirando a tinta e o reboco. Na área do mofo, bastará aplicar um impermeabilizante, para depois de secar revestir a parede novamente. Outra condição é usar o grafiato, que pode aumentar a durabilidade da tinta. No entanto, essa pode ser uma alternativa temporária, já que com o passar dos anos a umidade pode voltar.

A outra opção é uma obra mais robusta, que analise todas as possíveis causas do mofo, que pode envolver a parte hidráulica da casa, a remoção de paredes e muito mais. Apesar dispendiosa, essa alternativa é também mais duradoura. Caberá a você entender qual é a necessidade para o seu caso.

Viu só? Saber como eliminar o mofo das paredes não é uma tarefa difícil, desde que seja analisada a causa do problema. Por fim, uma vez que suas paredes estiverem livres de imperfeições, é possível partir para a decoração e renovar o ambiente, seja com papel de parede, com espelhos ou com texturas. Assim, o local se tornará ainda mais aconchegante e moderno.

Gostou do artigo? Então assine a nossa newsletter e fique por dentro de todo nosso conteúdo, recebendo informações exclusivas diretamente no seu e-mail.

Perguntas e respostas

Artigos Relacionados
Recomendamos para você
Índice
Segurança
  • Norton Secured
  • selo
Formas de Pagamento
Credibilidade
Baixe o APP grátis!
Não vai ocupar espaço no seu telefone.
Abrir Whatsapp